O primeiro encontro aberto do movimento DF Nossa Cidade aconteceu no dia 20 de agosto, no Museu da República, no Plano Piloto em Brasília. Quem participou, ficou sabendo do Encontro pelo facebook, twitter, por email, pelo contato dos mobilizadores. Plano Piloto, satélites, entorno. O DF super bem representado. E tudo começou há uns dois anos, quando um grupo de amigos começou a discutir a idéia.

Será mesmo que as cidades do DF podem se tornar mais sustentáveis, mais justas, melhores para todos? Todo mundo que apareceu nesse dia acredita que sim. Desde então, mais gente está entrando em contato e participando. A sementinha foi lançada. O nome DF Nossa Cidade ainda é provisório: a gente vai defini-lo juntos.

Aqui todos os contatos do DF Nossa Cidade:

Twitter @DFNossaCidade

Grupo no facebook DF Nossa Cidade

Email [email protected]

A inspiração para o DF Nossa cidade veio de quem mora aqui, das conversas sobre sonhos, desejos, reclamações e das mil e uma perguntas que todos nós temos em relação ao lugar que moramos. Queremos ajudar a mudar. Mas como começar?

O DF Nossa Cidade surgiu dessa necessidade, de transformar os nossos sentimentos em ações. Muitas experiências no Brasil e no mundo estão ajudando a pensar sobre como tornar o que queremos e precisamos uma realidade no DF. O planeta está cada vez mais urbano e os desafios ambientais são cada vez maiores. Por isso, pensar as nossas cidades é urgente.

Uma inspiração do DF Nossa Cidade é a rede Nossa São Paulo, que já existe há 15 anos. Por isso, nesse primeiro dia, Mauricio Broinizi, que ajudou a tornar o Nossa São Paulo realidade, bateu um papo com quem estava lá, trocando experiências.

Saiba mais sobre o Nossa São Paulo em http://www.nossasaopaulo.org.br

Durante a tarde de atividades, além da conversa com o Mauricio Broinizi, os participantes trabalharam em grupo, para pensar juntos as ações que o movimento poderia realizar, seu modo de organização, seus valores.

Utilizando roteiros preparados pelos organizadores, todo mundo respondeu em grupo e depois socializou as conclusões. Um dos momentos mais bonitos do dia foi a troca de percepções sobre o que foi ouvido no grupo. “O que foi dito aqui que mais marcou você?” O trabalho continua.

Agora, a tarefa é realizar o planejamento. Dia 17 de setembro, no Espaço Israel Pinheiro, vai acontecer a primeira oficina de planejamento. Nos vemos lá.

 

Share This